segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Avaliação da aprendizagem em AVAs

Como avaliar a aprendizagem em ambientes virtuais:

Avaliação da aprendizagem em ambientes virtuais de aprendizagem pode ser entendida a partir de 3 (três) perspectivas:
a) avaliação por meio de testes online: cabe ao aluno a tarefa de responder um conjunto de questões pré-definidas e, ao sistema computacional, realizar a correção, desta forma o professor recebe uma nota/conceito como resultado final, enfatizando o produto de conhecimento;
b) avaliação da produção individual dos estudantes: em que há a supervalorização do produto final, ou seja, o texto elaborado, sendo a pesquisa realizada dentro de certos padrões ou a resolução de questionários.
c) análise das interações entre alunos: ocorre a partir de mensagens postadas/trocadas por meio das diversas ferramentas de comunicação, se buscando avaliar o produto no processo (Vasconcellos, 1998, Hoffman, 2001).

Contribuição de Cirlane

FEEDBACK EM E-LEARNIG

Na educação de uma forma geral, a habilidade de dar e receber feedback, com eficácia, tem uma importância singular e efetiva na melhoraria do desempenho. O feedback contribui para uma prática reflexiva, e desenvolve a capacidade do aluno rever suas próprias conclusões, raciocínio e decisões; uma habilidade essencial para aprimorar as habilidades cognitivas.
Sendo um ingrediente essencial para a aprendizagem em especial quando fornecido imediatamente após o desempenho observado deve ser um processo construtivo; fazendo com que o aluno reconstrua seus conhecimentos e evite os mesmos erros no futuro.

Você quer entender um pouco mais sobre a importância do feedback? Leia, então, o texto abaixo. Se quiser faça seu comentários.

FEEDBACK EM E-LEARNING: POSSIBILIDADES E
DESAFIOS

http://www.abed.org.br/seminario2006/pdf/tc048.pdf

domingo, 4 de novembro de 2007

Exemplos de Ambientes Virtuais de Aprendizagem

e-ProInfo - Ambiente Colaborativo de Aprendizagem


Sócrates - Sistemas On-line para Criação de Projetos e Comunidades



TelEduc - Ambiente de Suporte para Ensino-Aprendizagem à distância

Moodle - Modular Object Oriented Dynamic Learning Enviroment


SOLAR
- Ambiente On-line de Aprendizagem


Considerações sobre Avaliação dae Aprendizagem Virtual


Com o avanço das tecnologias da informação e da comunicação, sobretudo da Internet, e a popularização dos computadores pessoais a Educação à Distância (EaD) vem sendo fortemente impulsionada e por conseqüência a utilização de espaços virtuais de aprendizagem, ou seja, softwares desenvolvidos sobre metodologia pedagógica para auxiliar a realização de ensino e da aprendizagem virtual, designados como:

* Sistemas de Administração de Aprendizagem (LMS)
* Ambiente Virtual de Aprendizado (AVA)
* Ambiente Virtual de Ensino-Aprendizado (AVEA)
* Sistemas de e-learning


Almeida (2003 ) define ambientes digitais de aprendizagem como "sistemas computacionais disponíveis na internet, destinados ao suporte de atividades mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação. Permitem integrar múltiplas mídias, linguagens e recursos, apresentar informações de maneira organizada, desenvolver interações entre pessoas e objetos de conhecimento, elaborar e socializar produções tendo em vista atingir determinados objetivos."

Atualmente, existem várias opções desse tipo de softwares. Alguns podem ser adquiridos gratuitamente outros são softwares proprietários. Muitas instituições, universitárias ou não (empresas para formação contínua) fazem uso desse tipo de ferramenta com fins educacionais.

Diante, desse fato, temos a questão da avaliação da aprendizagem do aluno da educação virtual e do próprio processo com a intenção de se ter subsídios para uma delimitação de futuras ações.

Como realizar a avaliação se o ensino não ocorre face a face, entre educador e educandos?

Existem dois tipos de interação entre professores e alunos: síncronos e assíncronos: a comunicação assíncrona permite a reflexão e fundamentação da resposta antes que seja postada; a comunicação síncrona, o tempo de reflexão é menor, já que as intervenções são realizadas no momento da ação. Por isso, ao iniciar a atividade avaliativa os objetivos, as regras, as atitudes e os procedimentos de participação servem como orientação para o grupo.

Os próprios softwares dispõem de ferramentas adequadas para um monitoramento das ações dos alunos nesse espaço virtual. Como, via de regra, toda a ação pedagógica dá-se através de participações em fóruns, bate-papos, mensagens de correio eletrônico, listas de discussão e demais atividades que remetem às autorias e publicações nesses ambientes.

Professores e tutores, responsáveis pela mediação do processo de ensino e aprendizagem, de posse dessas dados e através de uma análise qualitativa do material produzido em grupo e individualmente têm subsídios para fazer considerações acerca do conhecimento produzido e se os objetivos propostos no início do curso foram atingidos ou não.

Muitos aspectos qualitativos podem ser observados, não somente o cumprimento ou não das atividades solicitadas, por exemplo, nas atuações em fóruns de discussão: o número e a qualidade de intervenções, o grau de contribuição e a capacidade de gerar novas discussões, isto é, tornando-se co-autor do conhecimento produzido.

Neiva


Sugestão de leitura: ALMEIDA, Maria Elizabeth Biancocini. Tecnologia e Educação a Distância: Abordagens e Contribuições dos Ambientes Digitais e Interativos de. Aprendizagem.

É com muita honra que ...

Caríssimos leitores e leitoras,

Ontem, sábado (03/11/2007) recebi o convite de Anelise para participar do seu Blog Coletivo. Atitude, que julgo adequada, pois, na sociedade atual, vivenciamos um novo modo de trabalho: cooperação e colaboração!


Durante os meses de convívio no Ava/Colaborar pudemos observar a qualidade do conhecimento produzido através da mediação pedagógica e da força do nosso trabalho em grupo.


Inicialmente, brinquei com Anelise dizendo que ela seria completamente ‘odiada’ por todos devido a tal idéia (risos).



Agora, vou falar seriamente sobre o assunto.

Aproveitando desse espaço democrático, público e coletivo faço o registro que sinto-me honrada e orgulhosa por tal expressão de confiança.

Agradeço de coração o convite e a oportunidade de participação. Espero contribuir significativamente.

Anelise, parabéns pela iniciativa!

Um forte abraço,

Neiva

sábado, 3 de novembro de 2007

Contribuindo com Experiências!!!

Amigos e Amigas
Uma das questões mais complicadas para serem discutidas em Ambientes Virtuais de Aprendizagem é o ato de avaliar!!
Os alunos que participam de um ambiente assim nessa modalidade muitas vezes vêm com a mesma idéia de avaliação do modo presencial!
Pois bem, o que fica claro é que muitas vezes os alunos não percebem o processo como está acontecendo a avaliação!
Veja, ao remeter seu trabalho pela rede, entrar num fórum, num bate-papo programado o aluno demonstra muito mais do que um simples saber! Na verdade ele conecta saberes (Hummm esse nome me lembra um blog, mas tudo bem!!!).
É possível notar que o aluno para realizar tais atividades teve que usar outras que estavam implícitas em seu interior. Chamamos Conhecimento Tácito!!
Bem, e como professores? Avaliamos todos esse passos ou simplemente damos uma nota pelo arquivo entregue em tempo hábil?
Vamos refletir???
Um abraço
Do seu colaborador
Gilson Aparecido Castadelli
Ourinhos - SP

Como Avaliar através de AVAs?

Se, estamos inseridos numa sociedade que exige do profissional a proatividade, a capacidade empreendedora que contempla: iniciativa, ousadia, tomada de decisões, capacidade de interagir com equipes e atuação colaborativa - como avaliar um aluno e futuro profissional do mercado?
Tal questão é motivo de inúmeras indagações entre os profissionais do ensino. Cobrar conhecimentos, num momento em que é muito mais importante compartilhar conhecimentos e dar solução positiva aos problemas e às crises?
O homem contemporâneo participa de transformações nas tecnologias de comunicação rápidas e radicais numa velocidade cada vez maior. As instituições sociais são influenciadas e mudam para se adaptarem às novas condições. A escola como organização historicamente tradicional e elemento de mudança social precisa de forma ainda mais ágil investir no processo de comunicação interna e externa haja vista que cada vez mais o processo educacional exige seu envolvimento com a comunidade interna, externa próxima e externa propriamente dita.
O professor precisa a cada dia procurar se adaptar à nova realidade educacional que é a de trazer o mundo real para o ambiente de aprendizagem deixando de exercer a mera função de "distribuidor de informação" e avaliador de processos.
Avaliar em AVAs, é ter o foco num processo comunicacional, que democratize os conhecimentos por meio de significados, transformações, elaborações realizadas com e por alunos e professores, utilizando as diversas tecnologias e uma visão proativa para a possibilidade de se "formar" os alunos, comunicadores ativos, frente à apreensão de conhecimentos necessários ao exercício da cidadania. A Avaliação não pode ser linear, estreita, unidirecional e sim organizar-se de modo mais articulador entre seus agentes – professores e alunos - com as diversas tecnologias frente aos conhecimentos elaborados e em elaboração pela humanidade.

Anelise Pereira Sihler

domingo, 21 de outubro de 2007

Depende do jeito da gente ver

O FRIO PODE SER QUENTE

As coisas têm muitos jeitos de ser
Depende do jeito da gente ver....
Por que será que numa noite
A lua é tão fininha.
E outra noite fica tão redonda e gordinha.
Para ficar de novo
Daquele jeito estreitinha? Depende do quê?
Depende do dia que a gente vê.
Uma árvore é tão grande
Se a gente olha para cima.
Mas do alto de uma montanha
Ela parece tão pequenina.
Depende do quê? Depende de onde a gente vê.
Como será que pode
Uma colher cheia de doce
Parecer tão pouquinho
Que não dá nem para sentir/
E cheia de remédio
Ficar tanto
Que não dá nem para engolir?
Curto e comprido
Bom e ruim
Vazio e cheio
Bonito ou feio
São jeitos da coisa ser.
Depende do jeito da gente ver.
Como será que pode

autora: Jandira Mansur

O Blogger "Interagindo", terá como principal finalidade compartilhar conhecimentos sobre EAD. O assunto principal é a discutida questão da Avaliação, hoje, questionada tanto no ensino presencial quanto no processo à distância. Toda e qualquer contribuição será de grande valor. Participe!

Palavras do Professor Wellinton

video

AVALIAR

Segundo Bordenave & Pereira, “os professores concordam em afirmar que a avaliação é uma área de enorme falta de preparação, mesmo reconhecendo sua decisiva importância. Segundo eles, o problema mais geral da avaliação é a ausência de um conceito integral do aluno, já que as provas medem somente certos aspectos do mesmo, podendo ser injustas ao negligenciar aspectos importantes”.